Comunicação

Iniciativa Araucária+ receberá prêmio Expressão de Ecologia

21/07/201720:23:54

Na tarde de 28 de julho será realizada na sede da FIESC, em Florianópolis, a maior premiação ambiental da Região Sul do Brasil. O 24º Prêmio Expressão de Ecologia contemplará 23 instituições e iniciativas que se destacaram em ações sustentáveis em 2016, entre elas a Iniciativa Araucária+ — que promove inovação e criação de valor compartilhado nas cadeias produtivas sustentáveis de produtos advindos da Floresta com Araucária, como o pinhão e a erva-mate —, vencedora da categoria “Tecnologias Socioambientais”. Ao todo, foram 109 participantes em todo o estado de Santa Catarina.

A Fundação CERTI e a Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza atuam desde 2013 no Planalto Serrano catarinense conectando produtores rurais a um Ecossistema de Inovação que possibilita gerar valor compartilhado nos negócios gerados. Os produtores têm, por meio da Iniciativa, acesso a um mercado diferenciado, rede de Ciência, Tecnologia & Inovação, políticas públicas e investidores. O objetivo principal é alavancar a conservação da Floresta com Araucárias — ecossistema que tem hoje menos de 3% de sua cobertura original — por meio de negócios inovadores e sustentáveis.

“No Araucária+, os produtos que utilizam insumos da Floresta com Araucárias geram retorno não somente para as empresas compradoras, mas também benefícios para os produtores rurais e para a própria floresta. É um modelo inovador de desenvolvimento regional sustentável, que pode ser aplicado a outros ambientes naturais brasileiros”, destaca o diretor do Centro de Economia Verde da CERTI, Marcos Da-Ré.

Em 2016, foram conservados mais de 470 hectares de floresta, envolvendo mais de 100 diferentes atores atuantes na região: produtores rurais, Organizações da Sociedade Civil, Poder Público, grupos de pesquisa, empresas, dentre outros. A intensa e predatória exploração madeireira do ecossistema natural em questão, no início do século XX, resultou na redução drástica da área originalmente coberta pela Floresta com Araucárias – ecossistema do Bioma Mata Atlântica. O Araucária+ organiza numa ponta os produtores rurais, e na outra, empresas do mercado que estão dispostas a pagar um sobrepreço pelos insumos rastreáveis e sustentáveis de espécies nativas – como o pinhão, que é a semente da araucária, e a erva-mate, uma planta utilizada como matéria-prima para bebidas, como chás e chimarrão. Isso gera valor compartilhado para todos os envolvidos, inclusive para a Floresta com Araucárias.

A Iniciativa contribui para a conservação da floresta ao incentivar os produtores rurais a adotarem um padrão sustentável, que inclui orientações de coleta das pinhas e outras ações de manejo responsável. Além disso, os proprietários que integram a Iniciativa são incentivados a preservar remanescentes florestais que não serão utilizados para produção comercial. Aqueles que se comprometem a manter áreas de vegetação nativa em estágio avançado de conservação, sem intervenções, recebem a mais por isso. “Para possibilitar essa remuneração adicional, a cada transação comercial realizada no âmbito da iniciativa, parte dos valores é destinado a um fundo, e esse recurso é utilizado para bonificar os proprietários que conservam integralmente áreas de vegetação nativa”, afirma a diretora executiva da Fundação Grupo Boticário, Malu Nunes.

Prêmio Expressão de Ecologia: O Prêmio foi criado em 2003 pela Editora Expressão e é reconhecido pelo Ministério do Meio Ambiente como a maior premiação ambiental da região Sul do Brasil, com a participação de 2.517 cases das principais empresas, ONGs, prefeituras e entidades da região. Somente nesta edição foram 109 projetos de 80 organizações, que concorreram em 17 categorias. O evento de premiação (Fórum de Gestão Sustentável) será realizado no dia 28 de julho de 2017, na sede da FIESC, em Florianópolis (SC).

Conheça os vencedores de 2016: http://www.expressao.com.br/ecologia/vencedores/16.php

Conheça o Araucária+: http://araucariamais.org.br/

Voltar ao índice